Caravelle 6R | Panair

Este é mais um belo e gracioso Sud Aviation Caravelle 6R da Panair do Brasil como voava por aqui em 1967. Kit da Airfix by Anthony Bell com decais FCM. Nos anos 60, a empresa foi a introdutora da aviação a jato no Brasil, operando o Sud-Aviation SE-210 Caravelle.

A Panair do Brasil S.A. foi uma das companhias aéreas pioneiras do Brasil. Nasceu como subsidiária de uma empresa norte-americana, a NYRBA (New York-Rio-Buenos Aires), em 1929. Incorporada pela Pan Am em 1930, teve seu nome modificado de Nyrba do Brasil para Panair do Brasil, em referência ao código telegráfico da Pan American World Airways (PANAIR), controladora da empresa.

Foi a principal empresa aérea brasileira entre 1930 e 1950, e perdeu mercado – principalmente no nacional, na década de 1950 com o crescimento da Varig e do Consórcio Real. Desde 1946 as ações da empresa foram sendo transferidas para investidores brasileiras, sendo majoritariamente nacional em 1948.

No final da década de 1950 houve pressões para que a Panair fosse totalmente nacional. Tudo levava a crer, nos bastidores do poder, que a Varig naturalmente se envolveria na aquisição de parte da Panair, porém, ela acabou nas mãos dos grandes empresários Celso da Rocha Miranda e Mário Wallace Simonsen, dono da Rede Excelsior. Tal desfecho incomodou o governo e a própria VARIG, que dava como certa mais uma aquisição de outra empresa aérea nacional.

A empresa teve suas operações aéreas abruptamente encerradas em 10 de fevereiro de 1965, devido a um decreto do governo militar, que suspendeu suas linhas. A opção pela suspensão, ao invés da cassação, foi um mero artifício técnico encontrado pelo governo militar. Assim as operações poderiam ser, na prática, paralisadas de imediato, sem o decurso dos prazos legais de uma cassação. Até hoje suas linhas encontram-se tecnicamente suspensas.

O fechamento total da empresa pelo governo militar só se deu definitivamente em 1969, através de outro ato também inédito na história do direito empresarial brasileiro, um “decreto de falência” baixado pelo Poder Executivo, durante o governo do General Costa e Silva. As linhas internacionais foram cedidas para à Varig e as da Amazônia para a Cruzeiro do Sul.

Aeronave: Sud-Aviation SE-210 Caravelle 6R
Operador & Registro: Panair do Brasil | PP-PDZ
Kit: Airfix
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00082

 

Tupolev Tu-104B | Aeroflot

Kit diferente, de marca também única. A marca é OKB e a escala 1/144 nas cores de 1968 da Aeroflot. O Tupolev Tu-104, foi o primeiro avião civil com motor a jato da Rússia. Tinha a mesma posição de motores do De Havilland Comet mas havia apenas 2 motores, ao invés de 4 como no Comet. Era operado pela Aeroflot e hoje em dia existe um Tu-104 preservado no museu Monino na Rússia. Desenvolvido à partir do TU-16, foram construídas 200 unidades. By Doc.

Aeronave: Tupolev Tu-104B
Operador & Registro: Aeroflot |  CCCP-42461
Kit: OKB
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00982

Boeing 747-400 | Northwest

Kit do Boeing 747-400 nas cores (ou falta de cores) da Northwest, de 1989.  Uma das pinturas mais clássicas dos Anos 70/80 na última aeronave moderna da empresa a usar este padrão. Kit Revell by Osni Vieira Jr.

Aeronave: Boeing 747-400
Operador & Registro: Nothwest Orient | N662US
Kit: Revell
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00866

Fokker F-100 | Taba

Fokker F-100 nas cores da TABA, de 2004, quando a aeronave era popular no Brasil, voando em grandes números na TAM. Modelo Revell by DOC.

Aeronave:  Fokker F-100
Operador & Registro: TABA Amazônia | PT-MCN
Kit: Revell
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00953

Boeing 737-300 | WP (Simpsons)

Este é um kit que montei em 2007. Decais Daco em um kit Minicraft na escala 1/144. Não fiquei totalmente satisfeito com o resultado, ainda pretendo fazer um segundo kit nesta pintura. Aliás, já tenho na coleção o “substituto”: um Boeing 737-300 da DACO, considerado o melhor 737 injetado dos modelos 300, 400 e 500. O set vem com as tintas e o decal novo, que tem versões diferentes para kit Minicraft e Daco, dadas as pequenas, mas cruciais diferenças entre eles. Ainda assim, porém, é um bonito kit!

Ficha Técnica:

Aeronave:  Boeing 737-300
Registro: Western Pacific – N949WP
Kit: Minicraft
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00066