Boeing SB-17G | FAB (SAR)

Também há kits militares em Marana, este by Guick. Baseado no Bombardeiro B-17, a famosa Fortaleza Voadora da Segunda Guerra Mundial,  a Força Aérea Brasileira, que nunca usou o modelo como bombardeiro, recebeu algumas unidades e uso para uma finalidade muito especial.

Das 12 B-17 que, efetivamente, tiveram a sua vida operacional na FAB, pelo menos, oito eram SB-17G, entre elas, podemos citar, a FAB 5402, 5406, 5408 e 5409. A FAB 5402 tinha o seu bote salva-vidas na cor alumínio e o radome em preto antiofuscante. No bote trazia a inscrição, nos dois lados superiores de sua proa, FAB e, abaixo, o número 02. Já a SB-17G FAB 5409, esta ilustrada na coleção, tinha o bote pintado com o mesmo amarelo das faixas indicativas do Serviço Internacional de Busca e Salvamento, aplicadas na sua fuselagem e nas asas.

Lamentavelmente, dessas belas máquinas, que fizeram história nos 1º e 2º Esquadrões do 6º Grupo de Aviação, da FAB, após sua desativação, restaram apenas, três: a 5402 que está em monumento na Base Aérea de Recife; a 5408, desmontada, no MUSAL; e a 5400, que foi doada pela FAB ao Museu da Força Aérea dos EUA (USAF). Chegou lá voando, em impecáveis condições de vôo, em 5 de outubro de 1968, pousando na Base Aérea de Andrews, perto de Washington-D.C. Antes de pousá-la, a tripulação brasileira, comandada pelo Major-Aviador Elahir Amaral da Nóbrega, efetuou três belíssimos rasantes sobre a pista, homenageando os milhares de ex-tripulantes de B-17, da 2ª Guerra Mundial, que foram recepcioná-la!

Ao todo, foram dezoito anos, de 1951 a 1969, de ótimos serviços prestados à nossa FAB que, como a última força aérea do mundo a utilizá-la, distinguiu-a da sua função primordialmente guerreira, para transformá-la em mensageira da paz, levando em suas asas a ajuda humanitária e a esperança!

Esta é a SB-17G serial FAB5409, que se acidentou em 1964.

Aeronave: Boeing SB-17G Flying Fortress
Operador & Registro: FAB | 5409
Kit: Revell
Escala: 1/72
Número Hangar: SR00933

Boeing 727-200 | Iberia

Kit Airfix montado em 2006 com decais aftermarket. Mostra o EC-GCL, que foi EC-CBJ e depois foi alugado para a Aerolineas Argentinas como LV-VFJ. Ao voltar, virou GCL, todo branco e com as clássicas faixas Iberia. Depois voou na Nigéria com a Albarka Air (5N-AMM).

Aeronave: Boeing 727-200
Operador & Registro: Iberia | EC-GCL
Kit: Airfix
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00075

Boeing 777-200 | Transbrasil

Mais um exclusivo do Hangar de Plástico: A Transbrasil chegou a encomendar 3 aeronaves em 1994, mas elas foram canceladas em 1998 sem ser recebidas. Foi um projeto que eu e meu amigo Piovan bolamos na minha visita à ele na Flórida, em 2011. Fizemos o decal especial PT-TFA, com logos e asas vermelhas, como havia sido imaginado em uma capa da revista Flap Internacional dos Anos 90. Adorei o resultado, ficou muito bonito de se ver. Teria sido lindo na realidade. As janelas e cockpit são decais da Minicraft, originais do kit na escala 1/144. A portas de carga e outros detalhes do meu set do Boeing 777, que fiz para criar os da Pan Am.

Aeronave: Boeing 777-200
Operador & Registro: Transbrasil | PT-TFA
Kit: Minicraft
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00936

Boeing 737-200 | Aerolineas Argentinas

O Boeing 737-236 prefixo LV-ZSW (serial 23170) voou pela primeira vez em 04.02.1985 e foi entregue para a British Airways como G-BKYL. Em 1999 foi vendido para a Pegasus Aviation e foi parar na Aerolineas Argentinas como LV-ZSW no ano 2000. Operou até 2008, quando foi retirada de uso e armazenada no Aeroparque, onde está até hoje. Em 2003 usou estas cores especiais, com títulos Austral no lado direito, em homenagem ao Club Atlético Boca Junior colors, que ganhou a Copa Europea-Sudamericana naquele ano. O kit é um Airfix na escala 1/144 by A. Bell.

Aeronave: Boeing 737-200
Operador & Registro: Aerolineas Argentinas | LV-ZSW
Kit: Airfix
Escala: 1/144
Número Hangar: SR01607

Boeing 737-200 | Royal Brunei

Kit Airfix 1/144 de um Boeing 737 especial e raro. A Royal Brunei Airlines foi criada em 18.11.74. A empresa comprou dois aviões Boeing 737-200 para começar sua frota e, em 14.04.75, uma das aeronaves inaugurou o Brunei International Airport, decolando para o Singapore Changi Airport.

Esta aeronave era o VR-UEB (Serial 20913), fazendo o primeiro voo da Royal Brunei Airlines. A empresa existe ainda hoje, operando 10 aeronaves (2 A319, 2 A320 e 6 777-200. Há ainda 5 Dreamliners em encomenda e mais 1 A320). Chegou a ter 3 737-200s e os vendeu no início de 1993, passando a operar modelos 757 e 767.

Aeronave: Boeing 737-200
Operador & Registro: Royal Brunei Airlines | VR-EUB
Kit: Airfix
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00462