Boeing 737-200 | Aerolineas Argentinas

O Boeing 737-236 prefixo LV-ZSW (serial 23170) voou pela primeira vez em 04.02.1985 e foi entregue para a British Airways como G-BKYL. Em 1999 foi vendido para a Pegasus Aviation e foi parar na Aerolineas Argentinas como LV-ZSW no ano 2000. Operou até 2008, quando foi retirada de uso e armazenada no Aeroparque, onde está até hoje. Em 2003 usou estas cores especiais, com títulos Austral no lado direito, em homenagem ao Club Atlético Boca Junior colors, que ganhou a Copa Europea-Sudamericana naquele ano. O kit é um Airfix na escala 1/144 by A. Bell.

Aeronave: Boeing 737-200
Operador & Registro: Aerolineas Argentinas | LV-ZSW
Kit: Airfix
Escala: 1/144
Número Hangar: SR01607

Boeing 747SP | Aerolineas Argentinas

Esse é o menor kit da coleção: escala 1/400, aproximadamente 14 centímetros. Mas é surpreendentemente bonito. Vejam nas fotos. Modelo da GeminiJets (código GJARG055) que está esgotado na maioria das lojas, em geral se acha ele somente em sites de leilão. O Boeing 747SP foi utilizado entre 1980 e 1990, nas rotas para Austrália e Nova Zelândia, voando por sobre o Pólo Sul.

Aeronave: Boeing 747SP
Operador & Registro: Aerolineas Argentinas | LV-OHV
Kit: GeminiJets
Escala: 1/400
Número Hangar: SR01325

Boeing 707-387B | Aerolineas Argentinas

Mais um dos hermanos: Boeing 707-387V da Aerolineas Argentinas, prefixo LV-ISB em cores de 1980, by Anthony Bell.

Ficha Técnica:

Aeronave: Boeing 707-387V
Registro: Aerolineas Argentinas – LV-ISB
Kit: Minicraft
Escala: 1/144
Número Hangar: SR00956

DH Comet 4 | Aerolineas Argentinas

Kit modificado na escala 1/144 da Airfix. A aeronave mostra o prefixo LV-AIB e é um Comet 4C, serial 06460. Operou na Argentina entre 1962 e 1971, sendo repassado para a Dan Air London naquele ano e retirado de uso em 1977. Em novembro de 1978 foi desmontado em Lasham.

Esta aeronave foi o único Comet 4C da empresa argentina, tinha capacidade para 102 passageiros. Ele foi recebido para repor parte da frota da Aerolineas Argentinas perdida em acidentes. Foi o sétimo e último Comet na frota azul e tinha o nome de “Presidente Kennedy”. Aliás, pouca gente sabe, mas um dos Comet da Aerolineas Argentinas foi perdido em Campinas. A aeronave LV-AHO foi perdida em Buenos Aires, a LV-AHP em Assunção e o LV-AHR, de nome “Alborada” foi perdido em Campinas, São Paulo, no dia 23 de novembro de 1961, destruído próximo à cabeceira da pista do aeroporto de Viracopos ao iniciar a decolagem com destino a Trinidad, na rota para os Estados Unidos. Nesse acidente Faleceram 12 tripulantes e 40 passageiros.

– G-AROV, MEA NTU.
– LV-PTS, Aerolíneas Argentinas (pasavante) 26.04.62
– LV-AIB, Aerolíneas Argentinas “Presidente Kennedy”
– G-AROV Dan-Air London 10.71
– WFU Lasham 3.10.77
– Broken up 11.78

 

Ficha Técnica:

Aeronave:  De Havilland Comet 4
Registro: Aerolineas Argentinas – LV-AIB (circa 1960)
Kit: Airfix (modificado)
Escala: 1/144
Número Hangar: SR01022