Airbus A300B4 | Alitalia

O Airbus A300 foi um avião de médio alcance, o primeiro bimotor de fuselagem larga (widebody) da história da aviação, bem como a primeira aeronave produzida pela Airbus. O primeiro voo deste significativo avião foi feito em 28 de outubro de 1972 e a aeronave modelo A300 foi fabricada pela Airbus de 1972 até 2007, tendo sido aperfeiçoada tecnologicamente ao longo dos anos pela fabricante européia. Transportava cerca de 280 passageiros em médias distâncias. Vendeu cerca de 900 unidades.

A Vasp, Varig e Cruzeiro utilizaram o modelo A-300B2 e B4/200 em rotas nacionais e continentais, com grande sucesso. A Vasp foi a pioneira no uso dessas aeronaves na América do Sul e fez muito sucesso na rota São Paulo – Brasília – Manaus.

O kit Airfix na escala 1/144 (by Guick) representa a aeronave foi o #67 na linha de produção da Airbus, com primeiro voo em 20.10.1978 e entrega em 12.12.1978 para a empresa que o encomendou, a Eastern Air Lines (N207EA). Voou nos EUA até ser vendido para a Alitalia em 30.10.1988. A Alitalia operou unidades dos modelos A300B4-103 e 203, duas das quais em versão de carga. O I-BUSP era um A300B4-103 e tinha o nome de “Masaccio”, operando até 1997.

Aeronave:  Airbus A300B4-103
Operador & Registro: Alitalia | I-BUSP
Kit: Airfix
Escala: 1/144
Número Hangar: SR01601

Douglas DC-9-30 | Alitalia

Este é um kit do Douglas DC-9-30 da Fly Models na 1/144, que faria com as cores da Valujet, mas acabei alterando para um Alitalia, com decais TwoSix. O kit Fly Models é bom, mas não diria que é superior ao da Airfix. Talvez seja apenas mais fácil de se encontrar hoje em dia. O decal TwoSix desta vez me decepcionou.

Os pontos pretos e brancos na fuselagem são, respectivamente, detalhes e luzes, que no DC-9 estão no corpo das aeronaves. Há fotos comparativas com um DC-9-30 da Airfix nas cores da Iberia e outra deste DC-9 com um MD-82 (que será reformado em breve), de modo a demonstrar as proporções dos kits e, no último caso, as pinturas da Alitalia.

O Douglas DC-9 foi um avião criado pela Douglas Aircraft Company, produzido pela McDonnell Douglas e projetado especialmente para suprir a necessidade de rotas domésticas, ou internacionais. Ele tem dois motores na parte traseira e tem dois estabilizadores na cauda que são o estabilizador vertical, e em cima dele o estabilizador horizontal, que formam a cauda em T. O DC-9 originou uma série de aeronaves produzidas de 1965 a 2006. O McDonnell Douglas DC-9 e seus derivados da família MD-80 e, posteriormente, o Boeing 717 tiveram um enorme sucesso comercial, com mais de 2.000 unidades produzidas, mas no Brasil, curiosamente, estes modelos não tiveram nenhuma penetração de mercado.

A Alitalia, empresa de bandeira daquele país, operou o DC-9-30 de 1965 até 1996 (esta data não está confirmada). Aliás, em 1965, com a colocação dos DC-9-30 em serviço, passou a servir comidas quentes à bordo dos seus aviões. Após o DC-9, continuou com os MD-82, dos quais ainda tem 19 em operação (2011). O DC-9-30 do kit é o I-DIKC, aeronave serial 47128, o número 210 na linha de produção, que operou depois com a Northwest nos EUA e na Venezuela com a ASERCA como YV867T. Não tenho informações da aeronave após 2009.

Aeronave:McDonnell Douglas DC-9-30
Operador & Registro: Alitalia | I-DIKC
Kit: Fly Models 
Escala: 1/144
Número Hangar: SR01015