Vickers Viscount SRS.700 | FAB

Kit 1/144 S&M Models, custom decals. O kit representa o Viscount VC-90, registro 2101, serial number 345, modelo 789D, recebido novo em 23.12.1957. A aeronave fez seu 1º vôo em 01.12.1957 e encontra-se preservado no Museu Aeroespacial no Campo dos Afonsos. Rio de Janeiro.

O Vickers Viscount FAB VC 90 foi o segundo avião presidencial do governo brasileiro. Sua aquisição foi feita em 1954, da Vickers-Armstrong para atender o presidente Juscelino Kubitschek e substituir o avião anterior VC 66, por ser limitado em autonomia e ter pouco conforto. Foram encomendados 2 unidades, que ficaram designados como VC 90 2100 e VC 90 2101. Sua configuração contava com 71 assentos e 4 motores Rolls-Royce Dart.

Este avião foi bastante usado pelo presidente Juscelino Kubitschek para acompanhar a construção da nova capital Brasília. Em 1964 foram tirados de serviço e em 1968 aposentados, pois não voavam mais como avião presidencial. O modelo 2101 encontra-se hoje no Museu Aeroespacial no Rio de Janeiro. O modelo 2100, por sua vez, foi comprado em um leilão da massa falida da VASP pela prefeitura do município paulista de Araçariguama, por R$ 80 mil, e foi restaurado a um custo de R$ 20 mil.

Aeronave: Vickers Viscount SRS.700
Operador & Registro: Força Aérea Brasileira | FAB2101 | VC-90
Kit: S&M Models
Escala: 1/144
Número Hangar: SR01441

Vickers Viscount | Capital Airlines

Vickers Viscount

Sempre quis ter um kit deste avião desta empresa: Vickers Viscount nas cores da Capital Airlines, a primeira empresa aérea dos Estados Unidos a operar a aeronave, que era um turbo-hélice, um avanço para a época. O ano era 1955 e as primeiras aeronaves não possuíam radar (começaram a ser instalados em 1956). Todavia, problemas com greve de mecânicos (que parou a empresa por 38 dias) e um processo por racismo de uma comissária de bordo, acabaram por abalar a saúde financeira da empresa que, em 1960, fizeram a Vickers retomar todos os Viscount da empresa e pedir sua falência.]

Em maio do mesmo ano foi absorvida pela United Airlines, na então maior fusão da história da aviação civil no mundo. A empresa tinha encomendado 40 aeronaves do modelo 745 (e mais 27 de outros modelos do mesmo avião), recebeu pouco mais de trinta Viscounts, mas perdeu cinco em acidentes em pouco tempo.

O N7465 fez parte da encomenda inicial em 1954 (era o avião 63 da encomenda da Série 745), foi construído enter 1956 e 1957, já recebendo radar e demais equipamentos padrão da época (escada frontal incorporada, inclusive), além de pintura da empresa e matrícula americana, mas não foi entregue, ficando nas mãos da Vickers e nunca operando oficialmente com a Capital. Por esta razão, a pintura foi feita parcialmente, faltando as faixas azuis (exceto uma na deriva) e o número de frota estava só do lado esquerdo do estabilizador vertical, como chegou a ser visto na fábrica. Foi vendido depois para a Skyline da Suécia como SE-CNK, voando até ser desativado e sucateado em 03.1978.

Kit S&M Models e decal Mark Borer (Pointer Dog).

Vickers Viscount

Vickers Viscount

Ficha Técnica:

Aeronave: Vickers Viscount
Registro: Capital Airlines – N7465
Kit: S&M Models
Escala: 1/144
Número Hangar: SR01500